DÚVIDAS FREQUENTES
A votação será de forma mista pelo Correios ou Presencial para conselheiro Federal, de acordo com a Resolução CFM 2182/2018. 

     Observação: Serão considerados votos válidos os que forem recebidos até 28 de agosto de 2019 as 17:00 no CRMMS.
Presencial ou por correspondência
Presencial: na sede do CRMMS, Situada a Rua Desembargador Leão Neto do Carmo, 305 Jd. Veraneio, Campo Grande - MS.
Correspondência: através do kit eleitoral postado via Correios para o endereço do médico que consta no sistema do CRMMS.
O médico deve enviar e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e ligar para (67) 3320-7700 no horário das 7:30 às 11:30 e das 13:00 às 17:00.
 
     - Votam: Médicos (brasileiros, naturalizados e portugueses) ativos inscritos no CRMMS primária e/ou secundariamente que estejam em pleno gozo de seus direitos políticos e profissionais e quites financeiramente com o Conselho. O médico inscrito em mais de um CRM deverá votar em pelo menos um deles.
 
     - Não votam: Médicos estrangeiros e médicos exclusivamente militares.
 
     - Voto facultativo: Somente aos médicos com mais de 70 anos.
O médico deve ter menos chance de votar, o parecer não é considerado válido. Para obter o que é computado, o médico deve regularizar a sua situação com base nas informações do CRMMS até o dia 28 de agosto de 2019. Poderá retirar seu boleto pelo site https://sistemas.cfm.org.br/boletoweb/ms
Se o médico não votar e não justificar a ausência do voto até 60 dias após o encerramento da eleição, será aplicada multa eleitoral. A multa não será aplicada aos médicos que possuem voto facultativo..
Serão eleitos 2 Conselheiros  01 titular e 01 Suplente. Será considerada vencedora a Chapa Eleitoral que tiver a maioria simples dos votos, retirando os brancos e nulos. Se houver Chapa Única, esta será declarada vencedora se receber ao menos um voto válido
Das 08h00 do dia 27 de maio de 2019 até às 18h00 do dia 05 de junho de 2019 na Secretaria do CRMMS.
Os documentos necessários e a forma de obtenção de cada um estão descritos aqui .
 
O médico eleitor deve protocolar, na sede do CRMMS, requerimento e anexar o documento comprobatório até 60 dias após o prazo de encerramento da eleição, caso contrário, será aplicada multa eleitoral.